Apartamento 1303 – Resenha

Ano: 2012
Título Original: APARTMENT 1303
Dirigido por: Michelle Taverna
Avaliação: ★☆☆☆☆ (Ruim)

Em Apartamento 1303, Janet resolve comprar um apartamento por causa de seu baixo preço e sua vista, assim como para sair de casa logo. Porém, eventos estranhos começam a acontecer e sua vida acaba terminando de uma maneira muito misteriosa. Lara, sua irmã, resolve passar alguns dias no apartamento, para resolver a questão e descobrir por qual motivo sua irmã aparentemente se suicidou. Conforme as noites passam, ela descobrirá que a morte de sua familiar não foi um simples suicídio.

Do começo ao fim, o longa é horrível. Falta de estrutura, de cenários melhores, de uma trama mais chamativas, de diálogos mais criativos e envolventes, e obviamente de organização cinematográfica. Ele tenta diversas vezes convencer, mas não consegue. A estória não convence e não faz sentido algum. As atuações dos personagens são ruins, para não dizer péssimas.

O roteiro não consegue ajudar. Bagunçado, ele tenta jogar mistérios insolúveis que vão apenas acumulando chatice na frente da tela.  A trilha sonora nem chega a aparecer da maneira que deveria, e as cenas de terror passam longe do que poderia se chamar de medo.

Apartamento 1303 é um filme que se torna chato nos vinte primeiros minutos e não vale à pena ser assistido.

Análise Crítica
Data
Título Original
Apartamento 1303 - Resenha
Nota do Autor
11stargraygraygraygray