Apenas Duas Noites – Resenha

Ano: 2014
Título Original: Two Night Stand
Dirigido por: Max Nichols
Avaliação: ★★★☆☆ (Bom)

Em Apenas Duas Noites, Megan está em uma péssima fase pessoal. Saindo de um noivado onde foi traída, sem emprego, sem saber o que quer da vida e ainda sendo cobrada por sua colega de apartamento para que faça algo além de ficar no sofá, a garota resolve arrumar uma pessoa em um site de relacionamento, para uma noite apenas. E eis que ela encontra Alec, um cara que aparentemente é simpático e somente deseja sexo casual. Porém, na manhã seguinte ao encontro, ambos se encontram presos dentro da residência de Alex, devido uma intensa nevasca na região. Agora, o casal será obrigado a se conhecer melhor, e ambos descobrirão que eram exatamente o que estavam procurando em suas vidas.

De uma maneira bastante divertida, jovial e cômica, Apenas Duas Noites nos apresenta um enredo e uma trama bastante informal. O ponto forte do filme são os diálogos, que muitas das vezes parecem bastante naturais. É como ver um casal se conhecendo, de verdade, sem falar muito exageradas e polidas.

A situação em si (ficarem presos dentro de um apartamento após uma noite de sexo casual) faz com que a estória se torne interessante para quem está assistindo. É muito bom ver a química entre os personagens crescer (principalmente na cena em que Megan dança e Alec apenas a vê).

Apenas Duas Noites é um filme que consegue convencer e ser divertido, com boas atuações dos atores protagonistas.

Análise Crítica
Data
Título Original
Apenas Duas Noites
Nota do Autor
31star1star1stargraygray

Deixe um comentário