Jurassic World: Reino Ameaçado – Resenha

Ano: 2018
Título Original: Jurassic World: Fallen Kingdon
Dirigido por: Juan Antonio Bayona
Avaliação: ★★★☆☆ (Bom)

Em Jurassic World: Reino Ameaçado, os dinossauros da Ilha Nublar estão ameaçados de extinção, devido a ativação do vulcão situado onde os animais se encontram. Eis aí então, um dilema mundial criado: deve-se salvar os dinossauros, ou deixá-los morrer por essas causa natural? Novamente, Claire, acompanhada de seu agora ex-namorado, Nick, e mais dois jovens integram uma equipe de resgate financiada por um milionário para salvar os bichos pré-históricos. Porém, eles acabam descobrindo que esta ação pode não ser tão benevolente assim.

O primeiro filme de Jurassic World havia sido uma nostalgia, bela e eficaz. Esta continuação, quando analisada sobre o aspecto geral, acaba sendo um pouco desnecessária, mas mesmo assim contribui bastante para a continuidade da saga dos dinossauros nas telonas. Misturando diversos cenários e incríveis efeitos especiais, o filme acaba convencendo qualquer fã da saga.

Há cenas divertidas (principalmente com os personagens mais jovens), assim como na relação entre os personagens principais. Os dinossauros mais uma vez assumem o protagonismo de muitas cenas, e é extremamente interessante ver a relação deles dentro de uma residência (como a mansão).

Inferior aos demais, poderíamos falar que Jurassic World: Reino Ameaçado é semelhante a Jurassic Park 2. Legal, mas não chega a encantar.

Análise Crítica
Data
Título Original
Jurassic World: Reino Ameaçado
Nota do Autor
31star1star1stargraygray

Deixe um comentário