Quando Nos Conhecemos (When We First Met) Netflix – Resenha

quando nos conhecemos

Quando Nos Conhecemos (When We First Met) – Resenha do filme original Netflix, estrelando Adam DeVine e Alexandra Daddario

Ano: 2018
Título Original: When We First Met
Diretor: Ari Sandel
Avaliação: ★★★☆☆ (Bom)

Quando Nos Conhecemos é uma boa pedida para um feriado. Um filme original Netflix sem grandes pretensões, com um elenco de jovens rostos conhecidos e um bom roteiro.

É também mais uma obra a explorar a premissa de viagem no tempo, recurso este que tem sido recorrente nas séries e filmes Netflix, e apresentado aqui como a ferramenta chave para que o personagem principal se desenvolva.

quando nos conhecemos

Em Quando Nos Conhecemos, Noah (Adam DeVine, de Pitch Perfect) é um sujeito apaixonado por Avery (Alexandra Daddario, de BayWatch), uma garota que conheceu durante uma festa de Halloween há três anos, e que, após aquela noite quase perfeita, não suporta a amargura de te-la perdido para Ethan (Robbie Amell).

Casualmente, Noah acaba viajando no tempo em uma antiga cabine fotográfica de mogno localizada no bar que trabalha, sendo enviado diretamente ao dia em que conheceu Avery. Assim, acredita que poderá mudar seu destino, mas percebe que as coisas não são tão simples quanto possam parecer.

quando nos conhecemos

O filme conta com boas atuações e, embora os trejeitos e caretas de DeVine sejam exagerados, ajudam a dar o tom do protagonista – um cara bem intencionado e bobo, que embora seja bom de papo, tem dificuldades em demonstrar quem realmente é e o que deseja.

Uma das características importantes da narrativa é um bom ponto de realidade. Além da já esperada demonstração de ação-consequência, a estória deixa claro que “ser bonzinho” – como o personagem principal se enxerga – não é garantia de recompensa divina, ou seja, é preciso que ele entenda, de fato, seu papel e do que ele é capaz.

quando nos conhecemos

Quando Nos Conhecemos passa longe de tentar usar a premissa de viagem no tempo para se tornar algo memorável, mas tão somente para nos mostrar que ter uma segunda chance (ou terceira, quarta, quinta…) pode nos fazer evitar cometer os mesmos erros e, indo além disso, enxergar as coisas por outra perspectiva; outras possibilidades.

quando nos conhecemos

Se você procura uma clássica comédia romântica, Quando Nos Conhecemos certamente atende aos principais requisitos do gênero. Um filme divertido, com bons personagens e competente em entregar sua mensagem.

Confira mais resenhas de filmes aqui. Siga o Meta Galáxia nas redes sociais!

quando nos conhecemos

Análise Crítica
Data
Título Original
Quando Nos Conhecemos
Nota do Autor
31star1star1stargraygray