Simplesmente Acontece – Resenha

simplesmente-acontece-resenha

Ano: 2014
Título Original: LOVE, ROSIE
Dirigido por: Christian Ditter
Avaliação: ★★★★☆ (Ótimo)

Na trama de Simplesmente Acontece, Rosie e Alex são amigos de infância e nutrem uma mistura de sentimentos que varia de uma verdadeira amizade até um belo amor. Quando estão prestes a se formarem, ambos tomam uma decisão que mudará a vida deles, mas que terá como guia o próprio tempo, mostrando que a distância não pode separar estes dois corações, por mais impossível ou imprevisível que seja a vida.

simplesmente-acontece-resenha 3

O filme é belo, interessante e reflexivo por mostrar como o tempo age em todas as nossas vidas, principalmente na vida de Rosie e Alex, e que não existe impossível quando o assunto é o amor, desde que seja oriundo de um sentimento verdadeiro. É interessante como o filme mostra que pequenas decisões, ou até mesmo omissões (deixar de dizer seus sentimentos para outras pessoas), podem causar inúmeras alterações nos destinos e nos sonhos das pessoas.

simplesmente-acontece-resenha 2

Quando colocado em contraste com nossas próprias vidas, é impossível não notar algumas coincidências e relações com escolhas que fizemos (ou fizeram) e que nos impactou de forma profunda. O longa também mostra, de uma maneira perfeita, a ação do tempo sobre a vida humana, e principalmente sobre o amor, o que faz com que o filme ganhe profundidade enorme.

simplesmente-acontece-resenha 1

O roteiro do filme lembra muito “Um Dia”, mas com um final que com certeza satisfará muito mais os telespectadores que torcerem para a existência desse grande amor (você também vai torcer pelo casal principal do filme, tenho certeza).

Filmes como Simplesmente Acontece, podem parecer simples, mas são capazes de emocionar.

assinatura_rodolfo

Análise Crítica
Data
Título Original
Simplesmente Acontece
Nota do Autor
41star1star1star1stargray