Clan Destino vs X-Men – Resenha

Ano: 1996
Título Original: CLAN DESTINO VS X-MEN
Roteiro: Alan Davis
Desenho: Alan Davis
Arte Final: Mark Farmer
Avaliação: ★★★★☆ (Ótimo)

Em Clan Destino vs X-Men, temos o encontro de duas grandes equipes de heróis tentando destruir uma criatura maligna de outra dimensão, chamada Siraith, cuja última tentativa de vir para o nosso mundo foi impedida por Charles Xavier, Gracie e Cuco. Anos depois deste acontecimento, esses três heróis terão de unir forças, junto com seus próprios grupos de heróis para impedir de vez esta ameaça.

Para quem não conhece, a equipe de Clan Destino se mostra bastante versátil, e sua relação com os X-Men também faz deste encadernado uma das melhores e mais divertidas HQs do mundo Marvel. A arte é de deslumbrar os olhos (há páginas de batalha que são simplesmente de tirar o fôlego), assim como o roteiro, perfeitamente construído para dar animação e entusiasmo ao leitor, tanto para um grupo de heróis como para o outro.

É muito prazeroso ler este encadernado que está repleto do que os X-Men tem de melhor: batalhas fenomenais, estratégia em grupo, relação entre os personagens, comédia e claro, a exploração do que cada personagem tem de mais interessante em uma dinâmica que somente os Filhos do Átomo podem trazer.

O Clan Destino também não fica muito para trás, pois seus personagens também adicionam muitos pontos positivos na construção da estória. A trama vai ficando melhor conforme os grupos vão se interagindo, e não é possível descobrir as razões de alguns dos personagens agirem estranhos, até o final.

 

Clan Destino VS X-Men nos remete à época dourada dos heróis mutantes, e sua trama, do início ao fim, faz totalmente jus ao sucesso que os quadrinhos da Marvel fazem atualmente.