Game Of Thrones Episódio S07E02

Game Of Thrones Episódio S07E02

game-of-thrones-s07e02 nymeria.jpg

GUERRA!

A Batalha dos Sete Reinos teve um explosivo início no segundo episódio da sétima temporada de Game Of Thrones.

Algumas das teorias levantadas no episódio anterior foram confirmadas. Daenerys, após intercessão da renegada Melisandre, descobre que o bastardo Jon Snow é Rei das Terras do Norte e o convida a se juntar à sua aliança. O convite de Daenerys chega quase simultaneamente à mensagem de Sam, vinda direta da Cidadela, após o ex-patrulheiro descobrir sobre a fonte de vidro de dragão em Dragonstone. Com dois motivos coincidentes para que o tão aguardado encontro entre Jon e Daenerys aconteça, O Rei do Norte decide partir com Sor Davos rumo à Dragonstone, deixando Winterfell aos cuidados de Sansa.

game-of-thrones-s07e02 2.jpg

O detalhe mais interessante, no entanto, é a profecia proferida por Melisandre, confirmando uma das teorias mais valorizadas pelos fãs que acompanham também os livros. Jon ou Daenerys seriam Azor Ahai, reencarnação do guerreiro lendário que acabaria com o Rei da Noite e traria a paz aos Sete Reinos. Após as palavras proferidas pela Feiticeira Vermelha, Missandei alertou para um erro de tradução, afirmando que, na verdade. “um príncipe e uma princesa seriam os responsáveis por trazer a paz aos Sete Reinos”. Podemos entender, então, que somente os dois juntos seriam, de fato, Azor Ahai e poderiam vencer Os Outros.

game-of-thrones-s07e02 3.jpg

Outra teoria levantada foi a de que o vidro de dragão poderia curar a escamagris. A ideia foi comentada após a revelação no episódio anterior sobre a presença de vidro de dragão em Dragonstone, o que explicaria o fato da filha de Stannis Baratheon ter anulado sua doença. Aparentemente, Sam descobriu uma forma de aplicar tal tratamento e tenta curar Jorah Mormont, como apreço de gratidão ao seu antigo comandante na Patrulha da Noite, o velho Mormont, pai de Jorah.

E dando mais intensidade ainda ao episódio, tivemos o início das batalhas propriamente ditas – uma boa sequência de golpes, fogo e sangue, diga-se de passagem. Euron Greyjoy cumpriu sua promessa à Cersei – que tem mostrado dificuldade em ganhar a confiança de aliados, mas que conta agora com um “matador de dragões” –  dando início ao confronto com Daenerys após atacar sua frota, que partia rumo à Dorne para buscar as tropais locais, com o objetivo de iniciar seu cerco à Porto Real. Ellaria é capturada e deve ser entregue à Cersei como o presente prometido por Euron.

game-of-thrones-s07e02 4.jpg

Além do desenrolar do cenário de guerra e a formação de alianças, há três pontos altos no episódio a serem também ressaltados: um intenso diálogo entre Daenerys e Varis, que reforça a importância do eunuco saga e como este se tornou um dos personagens mais emblemáticos de GoT; o reencontro de Arya com Torta Quente e Nymeria (com um desfecho diferente do possivelmente esperado) e a descoberta dela de que Jon se tornou Rei do Norte; e a cena de amor entre Verme Cinzento e Missandei, quebrando os paradigmas dos Imalucados ao mostrar a humanização do guerreiro.

game-of-thrones-s07e02 varys.jpg

Um episódio com ótimo diálogos, batalhas, revelações e ainda mais impressões de que esta temporada será formidável.

assinatura_diego-1