Game Of Thrones Episódio S07E07 (Season Finale)

game-of-thrones-s07e07-2

Se o episódio anterior deixou fãs divididos, podemos dizer que o season finale da sétima temporada de Game Of Thrones deixou a internet em frenesi. Este foi, possivelmente, o episódio final de temporada com o maior volume de fatos marcantes, entre revelações, reencontros e o início do que será a maior batalha já produzida para uma série televisiva e que, infelizmente, só veremos o desfecho em 2019.

O grande “encontro dos Reis” em Porto Real trouxe um ar de nostalgia àqueles que acompanham a série desde o princípio. Personagens que não se encontravam desde a terceira ou quarta temporada reapareceram juntos em cena, como o reencontro entre Podrick, Tyrion e Bron; Sandor e Gregor Clegane, com direito a uma enigmática mensagem do Cão ao seu irmão monstruoso (alguma ligação com o que ele viu nas chamas do Senhor da Luz, talvez?); entre o Cão e Brienne, e entre Brienne e Jaime, encontros que, embora breves, contaram com frases marcantes e que nos fizeram “navegar” pelos sete anos de GoT.

game-of-thrones-s07e07-3

Diálogos memoráveis não faltaram. Após a mal-sucedida negociação (que culminou, na verdade, em duas ótimas reviravoltas), tivemos um dos reencontros mais esperados: Cersei e Tyrion. A conversa entre os dois foi recheada de tensão, mágoa e astúcia, uma jogada contínua de dois dos personagens mais interessantes e estratégicos da trama, que mantiveram suas essências e sentimentos perante um ao outro mesmo após três temporadas e diversos acontecimentos que impactaram seus destinos.

A trajetória dos Lannisters para a temporada derradeira de Game Of Thrones se projeta com um embate ideológico definitivo e inevitável entre Jaime e Cersei, resultado, especialmente, de todo o processo de mudança pelo qual Jaime passou nas últimas temporadas e como sua relação com a irmã chegou ao limite. Embora tenha tomado muitas decisões cegas em virtude do amor por ela, Jaime decide confrontá-la definitivamente e se torna um desertor ao não concordar com o plano de traição de Cersei quanto ao tratado com Daenerys e Jon.

game-of-thrones-s07e07-8

A memória de Ned Stark também é reacendida neste episódio de forma bastante nostálgica e coerente. O diálogo entre Jon e Theon Greyjoy é forte e tocante, retomando as origens dos personagens na primeira temporada, relembrando a Theon que ele sempre foi e sempre será um Stark, um filho de Ned, e que ainda pode se redimir. Theon, depois de temporadas de sofrimento e covardia, tem seu primeiro momento de êxito ao retomar o comando das tropas de Yara e partir ao resgate da irmã.

Claro que não podemos esquecer da morte mais aguardada em Game Of Thrones. Os últimos episódios davam a entender que este momento por fim chegaria, mas, mesmo esperada, a morte de Mindinho foi um dos momentos mais satisfatórios de toda série. O plano de colocar as irmãs Stark uma contra a outra falhou copiosamente e, não obstante, Baelish foi julgado publicamente, tendo todos os seus crimes relembrados (uma lista extensa, por sinal), sendo executado por Arya com um único golpe – e mais um nome da lista da garota é riscado. Mindinho esqueceu que o Norte se lembra, e sua morte sacramenta o retorno dos Starks de Winterfell. A cena em que Arya e Sansa citam Ned e expressam, ao seu modo, o carinho uma pela outra e as saudades do pai é, sem dúvidas, uma das mais emocionantes da temporada.

A temporada não poderia acabar sem a confirmação da teoria sobre Jon Snow. Ele é, de fato, filho legítimo de Rhaegar Targaryen e Lyanna Stark, sendo, portanto, o herdeiro de direito do Trono de Ferro e, consequentemente, sobrinho de Daenerys. Seu nome verdadeiro é Aegon, o mesmo nome do ancestral e primeiro Rei dos Targaryen, O Conquistador, que casou-se com as irmãs. Aparentemente, Jon está fadado a seguir o destino de Aegon, unindo-se em incesto a Daenerys e dando continuidade a linhagem dos Targaryens – embora Daenerys acredite não ser mais capaz de gerar filhos, Jon pareceu convence-la do contrário. E a consumação do amor entre os dois, em uma cena de sexo bastante romântica, pode indicar uma possível gravidez de Dany na última temporada da série.

game-of-thrones-s07e07-9

E por fim, a Queda da Bastilha – ou melhor, da Muralha, com a entrada triunfal do poderoso Dragão de Chamas Azuis, deixa o indício de que a próxima e derradeira temporada de GoT irá começar de forma INSANA. Agora resta esperar…

assinatura_diego