Killing Bites – Resenha

Killing Bites é um anime “animal”, bacana e divertido!

killing bites resenha 6

Exibição Original: 13 de Janeiro de 2018 à 31 de Março de 2018
Título Original: キリングバイツ/ Killing Bites
Estúdio: LIDENFILMS| Nº de Episódios: 12
Avaliação: ★★★☆☆ (Bom)

Killing Bites é um anime que teve sua estreia na temporada de janeiro/inverno de 2018. Focado em uma espécie de Battle Royale, o anime mostra combates entre humanos alterados geneticamente, pois  eles possuem genes de animais misturados aos seus. Olhando assim de cara, Killing Bites lembra um pouco o recente e bacana anime, Juuni Taisen. Apesar de parecido, não são iguais. E olhando um pouquinho mais para trás, o anime lembra um jogo de luta do PSone, Bloody Roar que explorava a mesma premissa. Agora vamos ao que interessa, Killing Bites, a análise do anime.

Killing Bites - Resenha -1

O anime nos apresenta Nomoto, um jovem normal que certa noite depois de uma confusão com seus amigos acaba conhecendo Hitomi. Ela é uma dessas pessoas híbridas humano/animal. Logo Nomoto tem sua vida virada ao avesso devido a esse encontro, já que ele acaba entrando sem querer no torneio chamado Killing Bites, como se fosse uma espécie de “agente” de Hitomi. E qual é o intuito de Killing Bites? Como funciona esse torneio? Simples: quem ficar de pé ganha.

Killing Bites - Resenha -2

Killing Bites tem uma pegada de ação (bem violenta, com direito a litros de sangue) mesclada com uma pitada de sensualidade. Em alguns momentos há  um ecchi excessivo, mas acaba até combinando dentro do contexto e não estraga a experiência do anime. É aquele fanservice bem utilizado. Os characters designers são bem legais e digamos bem “generosos” com as curvas das garotas.  Mas apesar de ter esse toque sensual, o anime não tira o pé do freio quando a situação exige que ele fique mais sério ou melhor dizendo, mais violento.

Killing Bites - Resenha -3

Os personagens principais são legais, apesar de terem motivações um pouco rasas demais, mas que dentro do objetivo do anime acaba por funcionar.  Mas em algumas lutas você pode se pegar torcendo por eles, devido as boas lutas e situações em que eles se envolvem. E falando nisso, as lutas de Killing Bites são bem elaboradas. Conseguem misturar bem artes marciais com os golpes “animais” de cada personagem. O resultado disso são combates bem violentos, com direito a jorrar sangue na tela (no melhor estilo Cidade Alerta, Brasil Urgente).

Killing Bites - Resenha

A ressalva do anime fica por conta que as vezes ele poderia explorar um pouco mais os seus personagens e dar mais peso aos mesmos, pois assim as lutas e acontecimentos teriam muito mais impacto. Há um pano de fundo envolvendo os idealizadores do evento Killing Bites que também poderia ter sido mais explorado, alguns foram mostrados mas poderiam ter sido melhor desenvolvidos. Pois ali fica claro uma alusão de acionistas, o mundo dos negócios e sua sede por poder e dinheiro. Isso era um ponto que poderia ter tido um maior desenvolvimento, pois era um tema que rende boas discussões.

killing-bites-resenha-07

Finalizando, Killing Bites é um anime bacana, divertido e que cumpre a sua função. Tem um final legal (com uma cena digamos, bem “inesperada” que vai do céu ao inferno) e fica um gancho para uma possível continuação. O anime merecia uma sequência, pois ele é divertido. Então, vale dar aquela espiadinha na manha do gato. (Essa foi horrível, eu sei. Me desculpem…rs).

Bem amigos, vamos ficando por aqui. Fiquem ligados aqui no Meta Galáxia para mais postagens sobre animes e mangás. Já viram o  nosso guia de animes da temporada de julho? Corre lá porque a temporada está pegando fogo bicho. E Killing Bites está com todos os episódios disponíveis na Prime Vídeo, da Amazon.

assinatura_andre

Análise Crítica
Data
Título Original
Killing Bites
Nota do Autor
31star1star1stargraygray