Kino no Tabi (2017) – Resenha

kino no tabi

Resenha completa do anime Kino no Tabi -The Beautiful World- The Animated Series

Ano: 2017
Título Original: Kino no Tabi -The Beautiful World- The Animated Series/ キノの旅 -the Beautiful World- The Animated Series
Estúdio: Lerche| Nº de Episódios: 12
Avaliação: ★★★☆☆ (Bom)

Kino no Tabi (ou Kino’s Journey) é a mais nova versão animada da light novel de sucesso lançada nos anos 2000 e criada por Keiichi Sigsawa, que narra as estórias da viajante Kino e sua motorrad falante, Hermes, ao redor do mundo.

kino no tabi

A trama, basicamente, apresenta Kino e Hermes viajando mundo afora, sem destino fixo, cruzando diversos países e conhecendo as mais diferentes culturas que englobam cada região visitada. As experiências vivenciadas pela dupla são apresentadas de forma episódica, nos quais se relacionam com outros personagens, que eventualmente tornam a aparecer, mas que, geralmente, tem sua própria conclusão no episódio corrente.

kino no tabi

kino no tabi

A proposta de Kino no Tabi é interessante e bem elaborada, mas também arriscada e, talvez por isso, não tão bem executada como poderia ser. Funcionando como contos, os episódios não possuem regularidade no que diz respeito à trama e mesmo à sua qualidade narrativa, alternando entre ótimas estórias (destaque para os episódios 6, 7 e 12) e outras apenas razoáveis.

A abordagem da série em relação ao mundo, no entanto, é incrível. Por meio dos seus países “sem nome”, Kino no Tabi fala sobre as belezas naturais e peculiaridades culturais de cada povo; os mais diferentes regimes governamentais, como democracia, monarquia e totalitarismo; traz uma versão de fatos históricos como o incidente de Pompéia, na Itália; e, de certo modo, apresenta uma análise sobre diversas questões da sociedade, como desarmamento ou armamento da população, escravidão e outros temas, sempre com uma dose final de moral para refletirmos.

kino no tabi

kino no tabi

Importante salientar que, embora possua um character design limpo e com aspecto mais jovem, o anime possui teor seinen, contando, inclusive, com cenas de violência explícita. A animação, por sua vez, apresenta paisagens formidáveis e retrata muito bem alguns tipos de cenários característicos de nosso mundo, como vilas europeias, aldeias, territórios militares e vastas regiões montanhosas e florestais, com visual bastante impressivo.

Em linhas gerais, Kino no Tabi possui estórias interessantes e bons personagens, mesmo não possuindo um ritmo crescente ao longo de seus 12 episódios, que deixam em aberto uma possível continuidade. De todo modo, é um anime diferente, bonito e inteligente, repleto de bons questionamentos e que merece seu lugar de destaque na temporada de 2017.

kino no tabi

Confira outras resenhas e matérias de animes e mangás aqui. Siga o Meta Galáxia nas redes sociais!

ASSINATURA