Kujira no Kora wa Sajou ni Utau (Children of the Whales) – Resenha

Kujira no Kora é um anime que pode ter passado desapercebido em 2017. Mas não deveria..

Kujira no Kora wa Sajou ni Utau children of the whales poster

Ano: 2017
Título Original: Kujira no Kora wa Sajou ni Utau /Children of the Whales/ クジラの子らは砂上に歌う
Estúdio: J.C.Staff| Nº de Episódios: 12
Avaliação: ★★★★☆ (Ótimo)

Lançado na temporada de outono de 2017, Kujira no Kora wa Sajou ni Utau  já encantava pelos trailers que apresentavam uma qualidade de animação acima da média. Os primeiros episódios deram ainda mais certeza disso e ele entrou facilmente  nas nossas indicações da temporada de outono. Mas ao final da temporada, o anime correspondeu as expectativas? Já posso adiantar que sim. Então pessoas, vamos agora a resenha do Meta Galáxia sobre esse anime sensacional.

Kujira no Kora wa Sajou ni Utau children of the whales 01Kujira no Kora wa Sajou ni Utau children of the whales 02

Kujira no Kora wa Sajou ni Utau é uma adaptação do mangá de Abi Uemada (arte e roteiro) que ainda se encontra em publicação. A premissa parte de um mundo inundado por uma gigantesco mar de areia. Existem algumas ilhas (navios) que conseguem navegar por esses mares. O nosso protagonista, Chakuro é um escrivão, que tem como função registrar tudo o que vê, afim de repassar a história para as próximas gerações. Ele vive junto de mais ou menos 500 pessoas em uma ilha conhecida como Baleia de Lama, que é uma destas ilhas/navios.

Kujira no Kora wa Sajou ni Utau children of the whales 03.jpg

Na Baleia de Lama existem dois tipos de pessoas: os marcados e não marcados. Os marcados são pessoas com habilidades especiais, similares a poderes. Mas como sequela disto, os mesmos só vivem em média até os 30 anos. Os não marcados são as pessoas normais, e por viverem mais tempo, são geralmente as pessoas no comando e nas decisões do povo. Chakuro, é um dos marcados. Kujira no Kora wa Sajou ni Utau começa então a mostrar um pouco do seu universo.

Kujira no Kora wa Sajou ni Utau children of the whales 04.jpg

Isolados na ilha, a maioria das pessoas cresceu escutando que o mundo lá fora não existe mais. Que o mundo agora é apenas areia. E que jamais elas deveriam sair da Baleia de Lama. Mas logo nos primeiros episódios de Kujira no Kora wa Sajou ni Utau, um fato muda todo esse paradigma. Chakuro e mais alguns jovens saem da ilha e acabam encontrando uma menina de fora. pela primeira vez eles interagem com outra pessoa que não da ilha. Essa menina é Likos. A curiosidade pelo mundo exterior, novas descobertas, novos lugares. Tudo isso começa a passar pela cabeça dos habitantes da ilha.  Eles começam a sonhar. Mas o sonho na realidade não era tão bonito assim.

Kujira no Kora wa Sajou ni Utau children of the whales 05.jpg

Com a chegada de Likos, novas fronteiras são abertas, mas ao mesmo tempo novas ameças também começam a assolar a Baleia de Lama. Exatamente quando alguns dos moradores saem dessa zona de conforto e buscam com ímpeto encontrar novos sonhos, os mesmos acabam sendo frustrados. E a maneira como isso é abordado é um dos trunfos de Kujira no Kora wa Sajou ni Utau.  A narrativa simplesmente não para. Sempre está acontecendo algo bem relevante. Agora que todos sabem da existência de mundo exterior, o que irão fazer? Fugir e viver para sempre em suas cavernas? Ou encarar os desafios e assim tentar vivenciar novas experiências?

Kujira no Kora wa Sajou ni Utau children of the whales 06.jpg

E temos esses questionamentos muito bem apresentados pelos inúmeros personagens do anime, que são muito bons. Além de um character design lindo, eles tem motivações e são críveis. Sonhos, desejos, frustrações, alegrias e tristezas permeiam a todo instante esses personagens. A trama conta com algumas revelações e desenvolvimento de personagens muito bom. Um exemplo disso é Ouni, que simplesmente rouba as cenas em que aparece.

Kujira no Kora wa Sajou ni Utau children of the whales 07.png

A parte visual e sonora de Kujira no Kora wa Sajou ni Utau é simplesmente um espetáculo. Não dá pra dizer que é outra coisa se não isso. A animação é belíssima e de certo uma das melhores dos últimos anos. a trilha sonora também ajuda muito, já começando pela bela opening que só de lembrar já arrepia a alma.

Kujira no Kora wa Sajou ni Utau children of the whales 08.jpg

Talvez a única ressalva seja que o anime acaba em aberto, mas isso não chega a ser um problema, pois realmente neste início a intenção era apresentar todo esse mundo de Kujira no Kora wa Sajou ni Utau. E cumpriu isso muito bem, pois apesar de mostrar bastante coisas, fica nítido que ainda existe uma imensidão de possibilidades acerca do mundo envolto por areia.

Kujira no Kora wa Sajou ni Utau children of the whales 09Kujira no Kora wa Sajou ni Utau children of the whales 10Kujira no Kora wa Sajou ni Utau children of the whales 11

Em suma, Kujira no Kora wa Sajou ni Utau é um anime belíssimo e intenso. Apesar do visual bonito, a obra conta com algumas partes bem pesadas e tristes. Então prepare-se pois fortes emoções o aguardam nessa jornada. É um pouco estranho pensar que talvez o anime não fez o sucesso que deveria, pois em quase nenhuma lista dos melhores do ano ou da temporada ele aparece. Posso arriscar dizer que isso é um pouco injusto. Torço muito para que uma segunda temporada seja lançada pois queria mais desse universo. Só espero que não demorem tanto a ponto do mundo ser soterrado por areia.

Kujira no Kora wa Sajou ni Utau children of the whales 12.jpg

Um adendo: a Netflix vai trazer em breve para o seu catálogo. Então fique esperto e dê uma chance a esse anime. Não pense duas vezes, pois vale a pena demais. Emocionante, belo e trágico, Kujira no Kora wa Sajou ni Utau é um diamante raro perdido no mar de areia.

assinatura_andre