Kujira no Kora wa Sajou ni Utau – Episódios 01 e 02 – Resenha

 Kujira no Kora wa Sajou ni Utau – Episódios 01 e 02 – Resenha

Kujira no Kora wa Sajou ni Utau episodio 02-2.png

Quando começamos a ver Kujira no Kora wa Sajou ni Utau (Children of the Whales) já tomamos um impacto logo de cara. E no bom sentido. Porque o visual do anime é simplesmente incrível.  Nem parece que estamos vendo uma série de TV, mas sim um filme ou OVA. Tamanha é a qualidade do visual da animação. Na trama temos um futuro distópico, onde a terra  e o mar foram tomados por areia. Então, existe um oceano infinito de areia que cobre o mundo. Neste mar de areia, existe a Baleia de Lama, que é uma espécie de navio/ilha que consegue flutuar sobre as areias. O anime é uma adaptação do mangá de Abi Umeda.

Kujira no Kora wa Sajou ni Utau episodio-01-5

Esta ilha/navio reside uma pequena população, e onde temos Charuko, o nosso protagonista. Ele é uma escrivão e meio tímido. Relata tudo o que acontece de importante, como se fosse um repórter. Na Baleia de Lama existem dois tipos de pessoas, os marcados e  não marcados.

Os marcados possuem certas habilidades, como se fossem  poderes. Mas em contra partida, quando chegam perto dos 30 anos acabam falecendo em consequência dessa dádiva. A Baleia de Lama é governada por um conselho formado só por anciões, os não marcados. Já que eles vivem mais tempo, eles conseguem governar com mais propriedade. Chakuro, assim como tantas outras crianças/adolescentes também é um marcado.

Kujira no Kora wa Sajou ni Utau episodio-01

Em diversas explorações que a o navio já fez, nunca encontraram nenhuma pessoa que não fosse da sua Ilha. Em uma exploração, Chakuro e os outros acabam encontrando uma menina. E essa descoberta é o ponto de partida para que os paradigmas sejam quebrados. Já que uma outra vida foi encontrada, o que mais tem no mundo lá fora? Nos dois primeiros episódios somos apresentados aos personagens principais e ao conceito de vida da Baleia de Lama.

Kujira no Kora wa Sajou ni Utau episodio-01-2.png

Existem diversos ritos que são seguidos pela população. Normas, regras e cultura são perceptíveis nesses episódios. Toda a ambientação como dissemos antes, é muito bonita. Os cenários parecem desenhados a mão e as vezes dá vontade de rever as cenas por causa do tamanho dos detalhes e das sequências (a cena dos vagalumes é incrível). As músicas também são muito bonitas e embalam a aventura. Kujira no Kora wa Sajou ni Utau tem uma parte técnica até o momento impecável. Ponto para o estúdio J.C.Staff.

Kujira no Kora wa Sajou ni Utau episodio-01-3.png

Kujira no Kora wa Sajou ni Utau episodio-02

Em resumo, os episódios 01 e 02 de Kujira no Kora wa Sajou ni Utau agradaram muito. Por tudo o que foi apresentado até então dá pra notar que tem muitos mistérios que rondam o mundo onde essas pessoas vivem e podem render ótimos momentos. No final do segundo episódio já acontece algo que dá ainda mais indícios disto. Essa coisa de mistério, um mundo inexplorado lembra um pouco Made in Abyss, e torçamos para que o resultado seja tão bom quanto este foi. Ansioso desde já para o próximo episódio.

Para mais matérias de anime e mangá, fique ligado aqui no Meta Galáxia.

Kujira no Kora wa Sajou ni Utau-episodio-02-1.png

assinatura_andre