Atômica | Resenha

Atômica

Ano: 2017
Título Original: Atomic Blonde / The Coldest City
Dirigido por: David Leitch
AvaliaçãoAvaliação: ★★★★☆(Ótimo)

Com o muro de Berlim prestes a ser derrubado e o fim da Guerra Fria, uma lista valiosa contendo diversos nomes de agentes anda circulando e pode desencadear uma série de retaliações, já que muitos desses agentes secretos nunca foram expostos. O serviço britânico MI6 então incube Lorraine (Charlize Theron) uma agente/assassina de alto nível para recuperar a tal lista. Ao chegar e, Berlim, ela se depara com David Percival (James McAvoy), que será o seu ajudante nesta missão. O filme é baseado na Graphic Novel :”Atômica: A Cidade Mais Fria”, de Antony Johnston e Sam Hart. (Que saiu aqui no Brasil pela Darkside Books).

Atômica

David Leitch ganhou notoriedade por conta do excelente John Wick (com Keanu Reeves) que apresentou um filme de ação dinâmico e brutal como há tempos não se via. Quando anunciou-se Atômica uma grande expectativa foi criada, já que teríamos o diretor de John Wick em um filme protagonizado por Charlize Theron. Sorte a nossa que o resultado atendeu as expectativas. O filme conta com um roteiro conciso que tem várias reviravoltas, até porque apesar da ação predominar e chamar a atenção, é um história de espiões. Em alguns momentos o espectador vai ficar se perguntando se  o que está se passando é verdade mesmo ou se estamos sendo enganados. Muitas destas questões só são respondidas no final do filme.

Atômica

As cenas de ação estão incríveis, o público sente cada pancada, tem impacto. Fica o destaque para um plano sequência de quase vinte minutos de pura pancadaria visceral que é de tirar o fôlego literalmente falando. Charlize Theron nos últimos tempos ganhou bastante destaque nos filmes de ação e aqui mais uma vez não decepciona, mesclando as habilidades assassinas com sensualidade. O personagem de McAvoy também tem um papel interessante durante a trama. A trilha sonora é muito boa, embalando o fim da década de 80 a uma Berlim regada a neon, baladas e um novo momento histórico para o país. A narrativa apesar de ser boa, não é perfeita. Talvez pela maneira como ela é contada acabou tirando o impacto de quando aconteceram as reviravoltas, e o espectador não se sente tão surpreso assim, e com isso acaba tirando um pouco do charme da trama e consequentemente da protagonista.

Atômica

Finalizando, Atômica é um ótimo filme de ação, mas como espionagem fica devendo um pouco, pois como dissemos acima, talvez a maneira como a narrativa é feita atrapalhe um pouco o fator surpresa. Mas o longa vale o ingresso, pois ver Charlize Theron arrebentando e quebrando tudo com fúria e determinação, já é motivo mais que suficiente para isso.

assinatura_andre