La Casa de Papel (Netflix) – Resenha

la-casa-de-papel-resenha-poster

La Casa de Papel – Resenha da parte 1

Título Original: La Casa de Papel
Ano: 2017
Criação: Álex Pina | Nº de Episódios: 13
Avaliação: ★★★★★ (Excelente)

Conheça os personagens de La Casa de Papel [Contém Spoilers]

La Casa de Papel é uma minissérie espanhola exibida pelo canal Antena 3, cuja primeira parte foi distribuída pela Netflix e, com todo mérito, tornou-se o maior fenômeno recente da plataforma, ganhando um hype cada vez maior.

A obra chegou ao catálogo da Netflix em dezembro sem muito alvoroço, mas vem ganhando o merecido destaque pela trama muito bem elaborada e produção de primeiríssima qualidade – algo já atestado pelo excelente cinema espanhol.

Confira a resenha da segunda temporada

la-casa-de-papel-resenha-00

A trama apresenta um grupo de oito criminosos liderados por um sujeito que se apresenta como Professor, um gênio que reuniu estas pessoas para o mais audacioso plano de assalto da história: uma invasão à Casa da Moeda Espanhola, a fábrica monetária onde está concentrada toda produção de dinheiro do país.

As pessoas reunidas pelo Professor possuem características próprias – apresentadas logo no início da série – que os tornam essenciais ao plano. Para que o grupo funcione, suas identidades são preservadas, e cada um passa a atender pelo nome de uma cidade. E uma série de regras são estabelecidas para que o projeto seja um sucesso, o que inclui o não derramamento de sangue e a proibição de relações afetivas.

la-casa-de-papel-resenha-01

Muito além de uma ótima obra de suspense policial, La Casa de Papel explora todas as premissas apresentadas desde o primeiro episódio com grande profundidade, com dois pontos fundamentais para seu sucesso: um roteiro bem amarrado e distribuído entre todos seus episódios; e a sensibilidade de seus personagens.

Fica claro o quanto o criador da série pensou não somente de fato no plano que norteia a estória em detalhes, mas em todas as variáveis humanas que poderiam pontuar uma situação como a que se dá na trama. Nos deparamos com os dramas pessoais dos personagens – tanto assaltantes quanto polícia – e somos conduzidos a sentir empatia mesmo pelos “criminosos”.

la-casa-de-papel-resenha-02

Um dos fatores mais importantes para que uma obra seja marcante é o desenvolvimento de seus personagens e, consequentemente, o quanto passamos a nos importar com eles. Neste ponto, La Casa de Papel é perfeita, mostrando o quanto as pessoas estão suscetíveis às situações a quais são expostas e quanto sua carga emocional e histórica impactam suas decisões em momentos de crise.

la-casa-de-papel-resenha-03

A série explora seu drama sem deixar de perder o ritmo frenético em momento algum, deixando o espectador ansioso pelo episódio seguinte e o desfecho imprevisível da série. A produção é também, em todos os quesitos cinematográficos, digna de aplausos, recheada de detalhes, trilha sonora incrível, atuações fantásticas e uma abertura que contém a essência da obra.

la-casa-de-papel-resenha-04

La Casa de Papel é o tipo de obra que leva boas estórias ao nível de excelência. A segunda parte deve chegar à Netflix em abril. Está esperando o quê para começar a assistir?

Confira outras resenhas de série aqui. Siga o Meta Galáxia nas redes sociais!

ASSINATURA

Análise Crítica
Data
Título Original
La Casa de Papel
Nota do Autor
51star1star1star1star1star